Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



9 Dicas para Negociar o seu Primeiro Salário

por superdicas, em 18.03.16

Salário

Como você gostaria de obter um aumento antes de você ter a oferta de emprego? É possível, e os candidatos estão fazendo isso agora. Os empregadores não são relutantes ao aumento do pacote de remuneração para garantir o candidato certo.

Se você tem o tipo de habilidade especializada ou experiência única que os empregadores estão procurando desesperadamente agora, ele poderia pagar-lhe para negociar sobre o salário inicial para um novo emprego. Veja como:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:54

Conselhos para conseguir o seu primeiro trabalho

por superdicas, em 06.03.13

Saiba quais são as dicas que os jovens devem seguir para sair do desemprego. Consiga o seu primeiro trabalho em muito menos tempo do que o previsto. Prepare-se para sair desta situação!

 

A taxa desemprego jovem continua a subir cada vez mais nos rapazes e raparigas com menos de 25 anos, estando próximo dos 50%, sendo mais elevada que nos anos anteriores, e a probabilidade é que aumente nos próximos meses devido a diversos fatores. Nesta conjuntura económica, você não se deve enganar a si mesmo, você deve saber que conseguir o primeiro emprego não é nada fácil, mas é bastante importante que você não se desanime. Com a ajuda de um profissional de recursos humanos, numa empresa em que diariamente recrutam jovens para trabalhar nas lojas de um grupo de moda bastante conhecido em todo o mundo, partilhamos aqui uma série de dicas que poderão lhe ajudar a conseguir o seu primeiro trabalho em muito menos tempo do que espera, mesmo com o mercado laboral um pouco parado.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:34

Saiba onde procurar empregos para jovens

por superdicas, em 20.02.13
Fileira de desempregados jovens

Um dos grandes problemas da maior parte dos países europeus é o desemprego jovem. Enquanto os governos anunciam medidas para criar emprego até ao fim deste ano, já existem vários que estão no desemprego e não conseguem arranjar um emprego ou as propostas de trabalho que aparecem são precárias e não pagam o salário justo pelo trabalho desempenhado. Ainda para aumentar o problema, as perspetivas de emprego continuam a ser pessimistas, pois as ofertas de empregos diminuíram e os candidatos que procuram por emprego está cada vez a aumentar. Possuir formação e adquirir experiência, embora não obtenha no início o melhor cargo do mundo, é a primeira coisa que qualquer jovem deve fazer se pretende aceder ao mercado laboral. Mas, por onde começar a procurar por emprego? Ao longo deste artigo você pode encontrar várias dicas sobre onde procurar para realmente começar a ganhar um salário e não ter que estar a depender dos seus pais ou familiares. Continue lendo para arranjar um trabalho de uma vez por todas. Descubra todas as opções disponíveis.

 

Embora as ofertas de emprego para jovens possam ter salários baixos e horários de trabalho incómodos, é recomendável que você aceite para começar a ganhar experiência. Menos de 10% dos jovens começa a sua experiência laboral com um trabalho estável que, muitas vezes não está relacionado nem um pouco com a sua formação. Contudo, é mais fácil arranjar um novo emprego enquanto tem um, do que quando você está desempregado.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:02

10 Conselhos para Encontrar o seu primeiro emprego

por superdicas, em 20.06.12
primeiro emprego

Com esta crise financeira muitos jovens não estão a conseguir arranjar emprego e o problema é cada vez maior. Segundo a Organização Internacional de Trabalho (OIT), o desemprego juvenil é mais do dobro que o normal e triplica quando comparado com o dos adultos. Este organismo vê como um problema estrutural que se mantém devido aos governos não saberem lidar com a situação.

 

Justamente o mercado laboral vê estes jovens de entre 15 e 25 anos como empregos "mais flexíveis", contudo sem experiência, assinalou o especialista em recusos humanos Kritz Vale. O desemprego entre aqueles que têm experiência é menor do que naqueles que não têm. Mas, é claro que é um cíclo vicioso, porque se não têm experiência e não são contratados, então nunca terão experiência profissional.

 

Por sua vez, Andrea Cheroni, supervisora do departamento de Recursos Humanos da Deloitte, afirmou que segundo os índices de desemprego juvenil, o género feminino é o mais castigado. Isto está associado aos grupos sociais mais vulneráveis, no quais as mulheres devem aceitar as tarefas mais desqualificadas e, em muitas ocasiões, requer abandonar os estudos. É uma roda e cada aspeto se alimenta da situação.

 

Para fazer face a esta problemática, o Sites de Empregos (www.sitesdeempregos.com) oferece dez conselhos partilhados pelos especialistas para os jovens que querem ingressar no mercado laboral e enfrentar a barreira do primeiro emprego.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:02


Pesquisa

Pesquisar no Blog