Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Pare de Procurar por Emprego e comece a vender as suas Habilidades

por superdicas, em 09.07.14
Habilidades Empregos

Descubra várias razões porque deve parar agora mesmo de procurar por um emprego. Comece a vender a sua experiência e as suas habilidades. Não seja apenas mais um!

 

O mercado de trabalho nos dias de hoje está dramaticamente diferente do que era a algum tempo atrás. Agora vivemos numa economia em constante mudança onde, de um a cinco anos tudo muda completamente e é necessário planear a sua carreira à volta das condições de mercado, que está cada vez mais concentrado nas habilidades e no conhecimento do que em ter um emprego anterior.

 

Do ponto de vista do empregador, numa economia em constante movimento está tudo relacionado com a relevância. O quão relevante são as suas habilidades e conhecimentos para ajudar a resolver os problemas que os negócios enfrentam? Está tudo relacionado com construir uma habilidade fácil de "vender" para alavancar as suas oportunidades de carreira no futuro.

 

Por isso, neste mercado laboral baseado no conhecimento e nas habilidades, porque é que as pessoas ainda estão concentradas em encontrar empregos, como as gerações anteriores de 10, 20 ou 30 anos atrás? É um erro que os novos profissionais estão a cometer. A ideia de "vender habilidades" em vez da antiga procura por um emprego mudou como entendemos a maneira de planear a carreira. Também mudou como as pessoas trabalham. Em vez de olhar para as posições como empregos com um salário em específico e responsabilidades associadas, olhamos para isso como uma forma de desenvolver as suas habilidades e conhecimentos na área.

 

Dicas para "vender habilidades" e conseguir emprego

 

Saber quais são as habilidades e conhecimentos que você deve vender e como se posicionar para receber oportunidades que alavancam e fazem crescer o seu conhecimento é importante. Daí, deixamos uma lista com várias dicas para ter sucesso no novo mercado laboral:

 

  1. Encontrar-se a si mesmo - Depois de ter começado uma empresa há nove meses, eu tinha que decidir se queria continuar como freelancer ou construir uma agência, com uma equipa de profissionais inovadores. Eu encontrei a melhor maneira de determinar quais os profissionais que necessitaria de examinar para contratar. Por isso, desenvolvi a estratégia de "análise básica", que faço todos os anos para determinar quais são as habilidades que teria que desenvolver. A análise básica concentra-se em responder as três questões: Sou bom nesta tarefa? Gosto de cumprir esta tarefa? Esta tarefa contribui para o crescimento da empresa?
  2. Crescer - Assim que tiver identificado as várias habilidades a desenvolver, defina o seu caminho para continuar a aprender. Nós gostamos de desenhar através da filosofia de trabalho japonesa "kaizen" sobre o melhoramento incremental contínuo. Num mercado onde a tecnologia evolui a um ritmo acelerado que pode desvalorizar uma carreira profissional em poucos anos, a melhoria contínua é uma necessidade.
  3. Posicionar-se para crescer - A última peça no planeamento d euma carreira concentrada nas habilidades e conhecimento é sobre posicionar-se para receber oportunidades que podem ser vistas como o seu futuro enquanto ganha dinheiro. Nós frequemente sugerimos que as pessoas possam avaliar as oportunidades de emprego que eles mesmos vêm-se como consultores. O potencial empregador é um cliente que precisa de resolver um determinado problema.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:54



Pesquisa

Pesquisar no Blog