Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




5 Dicas práticas para passar da Sala de Aula para o Mercado de Trabalho

por superdicas, em 29.10.14

mercado-trabalho.jpgEncontre várias dicas importantes para ter uma mudança com sucesso, entre a Sala de Aula e o Mercado de Trabalho. Não entre de cabeça e arruíne a sua carreira profissional. Siga estes passos!

 

Depois de conseguir a sua licenciatura ou mestrado, um dos maiores problemas é deixar o verão para trás e os amigos, e começar uma nova vida, isto é, iniciar a sua carreira profissional. Parece familiar, não é? Se a questão é essa, quais são as medidas que você deve tomar? Qual é o tipo de atitude e mentalidade que deve ter no início da pesquisa por um emprego?

 

Aqui ficam 5 dicas de vários recém-licenciados ou ex-alunos que acabaram o mestrado, sobre como fazer a transição entre o mundo académico e o mundo profissional:

  1. Descubra as regras do jogo - A melhor forma de descobrir o que os empregadores querem, é saltar logo para o lago e conhecer as experiências de profissionais que fazem parte dessa empresa ou através de estágios, trabalho temporário nessas empresas ou voluntariado. Começando com os seus contactos mais próximos, como os seus amigos, amigos de amigos, professores e mentores, receba boas introduções na rede de contactos dentro da indústria onde pretende trabalhar. Estude esses profissionais. O que os torna um sucesso?
  2. Prepare-se bem - Mostre que se preocupa com as empresas em que fala. Dê tudo de si. Uma grande crítica dos empregadores é sobre os recém-licenciados que fizeram pouca pesquisa sobre a empresa antes de ir para a entrevista de trabalho. A preparação foi péssima, assim como a qualidade do candidato. Mais importante de tudo, faça boas perguntas!
  3. Controle as suas expetativas - Descubra qual é salário típico para trabalhar na sua área. Leia análises sobre a empresa de pessoas que já trabalharam nela. Assim que souber a compensação médica, a cultura incutida e o tipo de trabalho, é tempo de começar a enviar o seu currículo e controlar as suas expetativas.
  4. Crie um plano de 6 meses - Esqueça o plano de 5 anos. Priorize um plano de curto prazo prático para se posicionar a si mesmo em frente dos empregadores e estabelecer uma identidade online. Torne-se visível, atraia empregadores como um íman e encontre oportunidades.
  5. Encontre um mentor - No LinkedIn, encontre licenciados da sua universidade, e até do mesmo curso, que estão trabalhando na empresa em que você está interessado. Não existe nada mais motivador do que ter alguém que acredita que é possível e está ao seu lado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:58



Pesquisa

Pesquisar no Blog